segunda-feira, 31 de outubro de 2016

12 costumes americanos em relação às crianças

Sim, hoje eu vim falar dos costumes americanos que observei e acho interessante. Concordo com alguns, outros não.. mas de qualquer forma, é sempre interessante reparar essas diferenças.

Há diferenças em todos os aspectos. Neste post vou comentar em relação ao âmbito familiar.

1. Os pais são muito atenciosos com os filhos.
Esse vai ser o maior tópico pois é o mais importante. Esse assunto vai acabar sendo polêmico, mas vamos lá. Lembrando que, claro, cada um tem sua opinião sobre isso e as minhas conclusões são baseadas na família que EU vivo. Os pais em geral são muito atenciosos e acaba parecendo que estão mimando os filhos, mas na verdade é a forma que eles educam. Sim, eles mimam os filhos algumas vezes, mas eu interpreto (pelo menos onde eu vivo) como uma forma de carinho. Por exemplo, minha host mom pergunta pra filha dela "você quer água ou suco de laranja?", quando claro, na verdade ela é mãe e ela pode muito bem escolher o que sua filha deve beber no almoço, mas essa opção que ela dá à crianca é uma forma de criá-los independentes, de formar suas próprias vontades. Vejo au pairs comentando que os pais não dizem não e isso realmente é um problema. Às vezes o lado doce e paciente deles se excede, mas estou comentando essa questão da paciência mais como um lado positivo pois esse problema de não dizer não não ocorre aqui em casa. Gosto muito de como meus host parents educam os filhos deles porque vejo aqui muito amor, respeito e eles sabem impor limites aos filhos. Sempre rola não e um discurso mais rígido num tom de voz alterado quando a mais velha (de 4 anos) não obedece. E dessa forma, as crianças que são criadas a base dessa paciência são mais doces, pois os pais não gritam com os filhos, não os forçam a fazer o que não querem, não os controlam pela chantagem, mas pelo diálogo. Minhas crianças são doceis, tranquilas e educadas, não guardam mágoa e não são vingativas, tudo o que eu não era quando criança, infelizmente, então me surpreendi muito quando cheguei. Percebo até na forma como eles criam os bebês, que toda essa autonomia e liberdade que eles dão à criança, deixando-as à vontade para realizar suas vontades, acabam tornando-as mais tranquilas e independentes. Eu, que fui criada em um ambiente diferente e venho de uma cultura diferente, percebi o choque entre o meu modo de tratar as crianças e o deles. A princípio, me senti contrariada. Acreditava que a minha forma, controladora e rígida, era mais eficiente, mas hoje mudei muito meu pensar. Vejo que carinho e paciência funcionam melhor.

2. As bibliotecas são lugares frequentados.
Principalmente por crianças. Eu não havia me surpreendido por já ter morado na Europa, onde as bibliotecas são maravilhosas. Mas fato é que são infinitamente melhores que as bibliotecas no Brasil (se é que existem ainda). Há diversas atividades para crianças e bebês, como aula de música e storytime, que são aulas de 30 minutos com leituras infantis, fantoches e muito entretenimento para as crianças. Há também jogos, brinquedos, legos, área com fantoches, computadores, entre outros. Minha parte favorita é que há locação de dvd's e cd's grátis.

3. Leitura para crianças é um hábito.
Todas as noites, como nos filmes, os pais leem uma história para as crianças ao levá-las para a cama, inclusive bebês também recebem essa atenção. Eu acho isso incrível. E cada criança tem uma estante com váaaarios livros em seus quartos, que elas colecionam desde bebês. Esse incentivo à leitura é demais!

4. Toda criança tem uma mini cozinha.
Seja para incentivá-los a cozinharem ou não, isso é fato. Não vi uma casa de família americana aqui que não tenha cozinha para as crianças. Os pais criam mini chefs.

5. Toda criança tem fantasia de personagens em casa.
E muitas vezes passam o dia todo vestindo elas. Quem gosta bastante de filmes hollywoodianos, provavelmente já deve ter reparado nas menininhas que passam o dia vestidas de princesas com suas coroas dentro de casa, inclusive "high heels" elas tem. Essas fantasias podem ser facilmente encontradas em supermercados como o Walmart ou Target.

6. Crianças americanas almoçam snacks.
Sim, elas comem o que eu considero "besteira" no almoço. Aqui em casa os pratos principais no almoço para as crianças são quesadillasandwich e o famoso miojo, em último caso, leftovers, que são os restos do jantar e, portanto, o prato mais saudável. Sem contar o sanduíche de pão com peanut butter que muitas famílias por aí dão pras crianças no almoço, é que nesse caso aqui em casa eles são uma exceção, as crianças não comem peanut butter.

7. No verão as crianças saem de biquini às ruas.
Ok, vou explicar melhor. Nos Estados Unidos há várias fontes nas ruas que, durante o verão, são ligadas para as crianças se divertirem e refrescarem na água. TODO lugar tem esse tipo de fonte e você sempre se surpreende quando inesperadamente, como em um festival de música que fui, vê que os pais já vão preparados levando biquínis para as crianças. Como o inverno é muito rigoroso, o verão é uma estação muito esperada e valorizada aqui!

8. Todos os brinquedos são iguais.
Acho que au pairs irão entender o que quero dizer. Não sei se porque no Brasil nunca tive muito contato com crianças e brinquedos por não ter tido nenhuma muito próxima de mim no âmbito familiar, mas quando fui comprar o presente de aniversario da minha kid em um supermercado bem estimado aqui (Target), me surpreendi ao ver que a maioria de seus brinquedos vinham de lá. E quando fui na casa de uma amiga vi que muitos dos brinquedos de suas kids eram iguaizinhos os da minha, e ainda vendo snapchats de outras au pairs percebi isso também. Resumindo, quero dizer que muitas famílias compram sempre as mesmas marcas de produtos e dos mesmos lugares (Target ou Walmart). Me recordo agora da Fisher Price que toda au pair deve conhecer.

9. Bebês só comem comida de bebê do Walmart.
Isso é uma das coisas que não concordo e acho um absurdo. Todo bebê aqui, e digo todo porque vejo muito snapchat de au pair e sei que os outros bebês também comem a mesma papinha que o meu: papinha do Walmart. Aqui nos EUA é muito difícil mães cozinharem pros bebês até mesmo pela rotina corrida, mas principalmente porque se aqui tem tudo pronto, pra que se dar ao trabalho de fazer né? Eu ainda moro em uma familia diferente (e é claro que todos os tópicos aqui tem exceções porque não se pode generalizar nada), porque minha host mom sempre cozinha uns legumes, bate e congela pra que eu possa esquentar e dar pra bebê, mas geralmente é a "bendita" papinha. Amassar banana e outras frutas que nem a gente faz no Brasil jamais, pelo menos não aqui em casa. Pra quê se tem papinha de frutas, nao é? E vários outros 'snacks' porcarias do Walmart, como chips (lil' crunchies), por exemplo. A maioria dos produtos de bebês são da marca Gerber.

10. Restaurantes sempre tem opções para entreter as crianças.
Em todos os restaurantes que fui até hoje com minha host family sempre vejo o estabelecimento entregando giz de cera e uma folhinha de atividades para as crianças. Acho isso muito legal, pois eles tem uma atenção especial às crianças e no Brasil não são todos os restaurantes que dão esse atendimento.

11. Gominhas são snacks para criancas.
Diz a embalagem que essas gominhas são feitas com frutas de verdade, e até mesmo o nome é "Fruit snacks", o que significa que é um alimento saudável, nao é mesmo? Isso é outra coisa que não me conformo. As crianças comem isso de snack e as mães realmente acreditam que é como se substituísse uma fruta..

12. Minnie Mouse, Sofia e Doc McStuffins são as favoritas das meninas.
Tudo bem, isso não é nada de diferente, e só uma curiosidade. Assim como no Brasil temos nossos próprios personagens (como Sítio do Pica Pau e Turma da Mônica) e muitas vezes emprestamos alguns dos hollywoodianos também (como as princesas e os personagens de Frozen), aqui personagens que fazem muito sucesso por serem de desenhos animados da Disney além da vencedora Elsa, são a clássica Minnie (a queridinha de todos), Sofia (uma princesa que não conhecia pois não é da minha época) e essa tal doutora McStuffins.

Nenhum comentário:

Postar um comentário